Clientes que viram {{prodName}} também viram


Xilogravura Flor do Amor Vermelho do Álbum Flores de J. Borges

Xilogravura Flor do Amor Vermelho do Álbu...

  • único

R$ 45,70

REF.: 753037785

Xilogravura Flor do Amor Vermelho do Álbum Flores de J. Borges

REF.: 753037785

Vendido e Entregue por: ARMAZEM CORES DO BRASIL

O que é uma loja parceira?

A Camicado busca de maneira incessante trazer a melhor experiência para nossos cliente, por isso compartilhamos a nossa plataforma para Lojistas Parceiros afim de entregar para você a melhor solução de Moda Casa!

Aproveite para conhecer outros produtos desse parceiro, basta clicar no nome da sua loja, que fica na página de produto em cima do preço, e pronto!

Será direcionado a uma página com todos os produtos vendidos e entregue por ele.

R$ 45,70

1x de R$ 45,70 s/ juros no cartão de Crédito

1x de R$ 45,70 s/ juros no cartão Renner e Meu Cartão

Cor:

Tamanho:

  • único
Quantidade
Digite o CEP
Prazo de entrega
  • Detalhes do produto
  • Destaque do produto
  • Troca e devolução

Descrição

Xilogravura Flor do Amor Vermelho do Álbum Flores de J. Borges

Xilogravura Flor do Amor Laranja do Álbum Flores é uma peça feita artesanalmente pelo artista J. Borges. A xilogravura apresenta um galho verde lima com três belas flores na cor vernelha, em um fundo branco e a característica assinatura de J. Borges. A xilogravura é uma técnica de gravura que se utiliza de uma madeira entalhada com algum desenho como matriz e possibilita a reprodução da imagem gravada sobre o papel ou outro suporte. As xilogravuras de J. Borges são impressas em diversos tamanhos e vendidas a intelectuais, artistas e colecionadores de arte, pela sua técnica própria de colorir as imagens, representando o cotidiano do pobre, o cangaço, o amor, os castigos do céu, os mistérios, os milagres, crimes e corrupção, os folguedos populares, a religiosidade, a picardia, sempre ligados ao povo nordestino. 

Tanta beleza e originalidade chama a atenção para esta técnica e em como utilizar as matrizes e gravuras na decoração. A presença da xilogravura na decoração começa com a maior valorização da arte popular brasileira e do que é regional, que vem acontecendo nos últimos anos. Não existe uma situação específica para que os elementos da arte e artesanato popular sejam inseridos na decoração, pois é possível decorar com peças regionais, únicas, artesanais, feitas com materiais naturais, sem transformar o ambiente em um conjunto temático. Os elementos regionais, usados com bom senso, humanizam os ambientes e trazem uma sensação de aconchego, pelos aspectos da cultura de uma comunidade, além de reforçarem traços da identidade do morador da casa. Em geral, dão um toque bem particular, que pode ser rústico, elegante e até divertido.

Origem: Pernambuco (PE). 

Material: Papel e tinta. 

Observações:  Produtos feitos artesanalmente podem apresentar alterações de dimensões e variações de cores, o que não caracteriza falhas na peça. 

Artista: José Francisco Borges, conhecido artisticamente como J. Borges, é um artista, cordelista e poeta brasileiro. É um dos mais famosos xilógrafos de Pernambuco, nasceu em 1935 na cidade de Bezerros no interior de Pernambuco, onde vive até hoje. Começou o trabalho com xilogravura para ilustrar suas histórias em cordéis. J. Borges começou a entalhar na madeira porque não tinha dinheiro para bancar um ilustrador para seu cordel, “O Verdadeiro Aviso de Frei Damião”. Desde então, começou a fazer matrizes por encomenda e para ilustrar os mais de 200 cordéis que lançou ao longo da vida. Descoberto por colecionadores e marchands, viu seu trabalho ser levado aos meios acadêmicos do país. Na década de 1970 começou a gravar matrizes dissociadas dos cordéis, de maior tamanho. Isso permitiu expor no exterior: em 1992, na Galeria Stähli, em Zurique, e no Museu de Arte Popular de Santa Fé, na cidade de Novo México. Depois, novas exposições, na Europa e nos Estados Unidos. Foi convidado e deu aulas na Europa e nos EUA de Xilogravura e entalhamento em madeira. Um “matuto sonhador”, como diz, que viajou o mundo todo sem saber falar uma língua diferente da sua, e aonde fosse, falar das histórias do sertão.

Medidas:A-33cm L-24cm             Peso: 0,010 gramas

Informações técnicas

Marca J. BORGES

Dimensões do produto

Altura: 70 CM
Largura: 15 CM
Profundidade: 15 CM
Peso: 0 kg

Troca e devoluções

Caso não fique satisfeito com o produto, você tem 7 corridos após o recebimento para troca.

Clique aqui para mais informações
Detalhes do produto

Descrição

Xilogravura Flor do Amor Vermelho do Álbum Flores de J. Borges

Xilogravura Flor do Amor Laranja do Álbum Flores é uma peça feita artesanalmente pelo artista J. Borges. A xilogravura apresenta um galho verde lima com três belas flores na cor vernelha, em um fundo branco e a característica assinatura de J. Borges. A xilogravura é uma técnica de gravura que se utiliza de uma madeira entalhada com algum desenho como matriz e possibilita a reprodução da imagem gravada sobre o papel ou outro suporte. As xilogravuras de J. Borges são impressas em diversos tamanhos e vendidas a intelectuais, artistas e colecionadores de arte, pela sua técnica própria de colorir as imagens, representando o cotidiano do pobre, o cangaço, o amor, os castigos do céu, os mistérios, os milagres, crimes e corrupção, os folguedos populares, a religiosidade, a picardia, sempre ligados ao povo nordestino. 

Tanta beleza e originalidade chama a atenção para esta técnica e em como utilizar as matrizes e gravuras na decoração. A presença da xilogravura na decoração começa com a maior valorização da arte popular brasileira e do que é regional, que vem acontecendo nos últimos anos. Não existe uma situação específica para que os elementos da arte e artesanato popular sejam inseridos na decoração, pois é possível decorar com peças regionais, únicas, artesanais, feitas com materiais naturais, sem transformar o ambiente em um conjunto temático. Os elementos regionais, usados com bom senso, humanizam os ambientes e trazem uma sensação de aconchego, pelos aspectos da cultura de uma comunidade, além de reforçarem traços da identidade do morador da casa. Em geral, dão um toque bem particular, que pode ser rústico, elegante e até divertido.

Origem: Pernambuco (PE). 

Material: Papel e tinta. 

Observações:  Produtos feitos artesanalmente podem apresentar alterações de dimensões e variações de cores, o que não caracteriza falhas na peça. 

Artista: José Francisco Borges, conhecido artisticamente como J. Borges, é um artista, cordelista e poeta brasileiro. É um dos mais famosos xilógrafos de Pernambuco, nasceu em 1935 na cidade de Bezerros no interior de Pernambuco, onde vive até hoje. Começou o trabalho com xilogravura para ilustrar suas histórias em cordéis. J. Borges começou a entalhar na madeira porque não tinha dinheiro para bancar um ilustrador para seu cordel, “O Verdadeiro Aviso de Frei Damião”. Desde então, começou a fazer matrizes por encomenda e para ilustrar os mais de 200 cordéis que lançou ao longo da vida. Descoberto por colecionadores e marchands, viu seu trabalho ser levado aos meios acadêmicos do país. Na década de 1970 começou a gravar matrizes dissociadas dos cordéis, de maior tamanho. Isso permitiu expor no exterior: em 1992, na Galeria Stähli, em Zurique, e no Museu de Arte Popular de Santa Fé, na cidade de Novo México. Depois, novas exposições, na Europa e nos Estados Unidos. Foi convidado e deu aulas na Europa e nos EUA de Xilogravura e entalhamento em madeira. Um “matuto sonhador”, como diz, que viajou o mundo todo sem saber falar uma língua diferente da sua, e aonde fosse, falar das histórias do sertão.

Medidas:A-33cm L-24cm             Peso: 0,010 gramas

Informações técnicas

Marca J. BORGES

Dimensões do produto

Altura: 70 CM
Largura: 15 CM
Profundidade: 15 CM
Peso: 0 kg
Troca e devolução

Troca e devoluções

Caso não fique satisfeito com o produto, você tem 7 corridos após o recebimento para troca.

Clique aqui para mais informações