Clientes que viram {{prodName}} também viram


Nossa Senhora da Conceição em cerâmica da Mestra Maria Amélia

Nossa Senhora da Conceição em cerâmica da...

  • único

R$ 857,90

REF.: 753037918

Nossa Senhora da Conceição em cerâmica da Mestra Maria Amélia

REF.: 753037918

Vendido e Entregue por: ARMAZEM CORES DO BRASIL

O que é uma loja parceira?

A Camicado busca de maneira incessante trazer a melhor experiência para nossos cliente, por isso compartilhamos a nossa plataforma para Lojistas Parceiros afim de entregar para você a melhor solução de Moda Casa!

Aproveite para conhecer outros produtos desse parceiro, basta clicar no nome da sua loja, que fica na página de produto em cima do preço, e pronto!

Será direcionado a uma página com todos os produtos vendidos e entregue por ele.

R$ 857,90

10x de R$ 85,79 s/ juros no cartão de Crédito

x de R$ 0,00 s/ juros no cartão Renner e Meu Cartão

Cor:

Tamanho:

  • único
Quantidade
Digite o CEP
Prazo de entrega
  • Detalhes do produto
  • Destaque do produto
  • Troca e devolução

Descrição

Nossa Senhora da Conceição em cerâmica da Mestra Maria Amélia

Nossa Senhora da Conceição em cerâmica é uma peça única, feita de forma artesanal pela Mestra Maria Amélia. Nossa Senhora em súplica para o alto com seu manto coberto de flores, mãos em posição de oração e um longo terço, foi produzida em argila, com os traços característicos da Mestra Maria Amélia, e queimada em forno. Entre seus santos de traços nordestinos destacam-se as imagens de São João do Carneirinho - retirado das histórias das Escrituras -, a Rainha do Céu - uma Nossa Senhora em súplica com os olhos voltados para o alto -, o São Francisco, a Nossa Senhora da Conceição, entre tantos outros, que de forma significativa influenciaram gerações de artistas do barro em Tracunhaém.

A verdade é que se foi o tempo em que peças sacras eram apenas associadas a religião ou crença específica. Alguns arquitetos, hoje, fazem questão de usar esses elementos em seus projetos. Há quem colecione apenas por admirar a estética de uma época ou estilo artístico ou por interesse cultural mesmo, sem nenhuma conexão com a religião que pratica no dia a dia. Isso, claro, não exclui o fato de muitas pessoas terem imagens em suas casas por devoção religiosa – seja ela qual for. A verdade é que essa diversidade é muito benvinda quando voltamos ao conceito básico de arte como forma de expressão. Qual seria a graça se todos se expressassem da mesma forma? Hoje, é possível criar tanto um cantinho específico para uma peça de arte sacra, uma espécie de mini santuário, como incorporá-la aos ambientes da casa, mesclando com uma decoração retrô ou mais contemporânea. Estatuetas ou quadros podem ser combinados com outros itens do espaço, não necessariamente religiosos.

 

Origem: Tracunhaém, em Pernambuco (PE)

 

Material: Barro.

 

Observações:  Produtos manuais podem apresentar alterações de dimensões e variações de cores, o que não caracteriza falhas na peça.

 

Artista: A Mestra Maria Amélia, a mais longeva artesã da cerâmica pernambucana e uma das pioneiras da arte santeira nasceu no dia 30 de abril de 1923, em Tracunhaém, filha de Mestre Dunde, um oleiro requisitado que dominava com grande habilidade as técnicas da cerâmica. Não tem outra memória de sua infância que não esteja relacionada ao barro - período em que a cerâmica figurativa começava a ganhar força na cidade. “Lembro que gostava de ficar sentada no torno em que meu pai trabalhava e as minhas pernas sequer atingiam o chão”. “Sempre fiz aquilo que vinha na mente porque meu pai me incentivou, mas nunca disse o que eu deveria fazer. Um dia pensei: quem faz pequeno, pode fazer grande. Aí tive a ideia de criar uma santinha, a primeira de muitas”, relembra Maria Amélia, que desenvolveu ao longo dos anos uma obra autoral forjada na liturgia católica, em barro natural, imponente em sua simplicidade, força expressiva e formas singelas. Seus santos de rostos ovalados, mantos pregueados e delicadamente ornamentados fazem parte de acervos de museus e de coleções particulares no Brasil e no exterior.

 

Medidas:A-36cm L-24cm P-15cm         Peso: 2.995 gramas

Informações técnicas

Marca MESTRA MARIA AMÉLIA

Dimensões do produto

Altura: 45 CM
Largura: 40 CM
Profundidade: 35 CM
Peso: 0 kg

Troca e devoluções

Caso não fique satisfeito com o produto, você tem 7 corridos após o recebimento para troca.

Clique aqui para mais informações
Detalhes do produto

Descrição

Nossa Senhora da Conceição em cerâmica da Mestra Maria Amélia

Nossa Senhora da Conceição em cerâmica é uma peça única, feita de forma artesanal pela Mestra Maria Amélia. Nossa Senhora em súplica para o alto com seu manto coberto de flores, mãos em posição de oração e um longo terço, foi produzida em argila, com os traços característicos da Mestra Maria Amélia, e queimada em forno. Entre seus santos de traços nordestinos destacam-se as imagens de São João do Carneirinho - retirado das histórias das Escrituras -, a Rainha do Céu - uma Nossa Senhora em súplica com os olhos voltados para o alto -, o São Francisco, a Nossa Senhora da Conceição, entre tantos outros, que de forma significativa influenciaram gerações de artistas do barro em Tracunhaém.

A verdade é que se foi o tempo em que peças sacras eram apenas associadas a religião ou crença específica. Alguns arquitetos, hoje, fazem questão de usar esses elementos em seus projetos. Há quem colecione apenas por admirar a estética de uma época ou estilo artístico ou por interesse cultural mesmo, sem nenhuma conexão com a religião que pratica no dia a dia. Isso, claro, não exclui o fato de muitas pessoas terem imagens em suas casas por devoção religiosa – seja ela qual for. A verdade é que essa diversidade é muito benvinda quando voltamos ao conceito básico de arte como forma de expressão. Qual seria a graça se todos se expressassem da mesma forma? Hoje, é possível criar tanto um cantinho específico para uma peça de arte sacra, uma espécie de mini santuário, como incorporá-la aos ambientes da casa, mesclando com uma decoração retrô ou mais contemporânea. Estatuetas ou quadros podem ser combinados com outros itens do espaço, não necessariamente religiosos.

 

Origem: Tracunhaém, em Pernambuco (PE)

 

Material: Barro.

 

Observações:  Produtos manuais podem apresentar alterações de dimensões e variações de cores, o que não caracteriza falhas na peça.

 

Artista: A Mestra Maria Amélia, a mais longeva artesã da cerâmica pernambucana e uma das pioneiras da arte santeira nasceu no dia 30 de abril de 1923, em Tracunhaém, filha de Mestre Dunde, um oleiro requisitado que dominava com grande habilidade as técnicas da cerâmica. Não tem outra memória de sua infância que não esteja relacionada ao barro - período em que a cerâmica figurativa começava a ganhar força na cidade. “Lembro que gostava de ficar sentada no torno em que meu pai trabalhava e as minhas pernas sequer atingiam o chão”. “Sempre fiz aquilo que vinha na mente porque meu pai me incentivou, mas nunca disse o que eu deveria fazer. Um dia pensei: quem faz pequeno, pode fazer grande. Aí tive a ideia de criar uma santinha, a primeira de muitas”, relembra Maria Amélia, que desenvolveu ao longo dos anos uma obra autoral forjada na liturgia católica, em barro natural, imponente em sua simplicidade, força expressiva e formas singelas. Seus santos de rostos ovalados, mantos pregueados e delicadamente ornamentados fazem parte de acervos de museus e de coleções particulares no Brasil e no exterior.

 

Medidas:A-36cm L-24cm P-15cm         Peso: 2.995 gramas

Informações técnicas

Marca MESTRA MARIA AMÉLIA

Dimensões do produto

Altura: 45 CM
Largura: 40 CM
Profundidade: 35 CM
Peso: 0 kg
Troca e devolução

Troca e devoluções

Caso não fique satisfeito com o produto, você tem 7 corridos após o recebimento para troca.

Clique aqui para mais informações