Clientes que viram {{prodName}} também viram


Escultura Nossa Senhora da Imaculada Conceição em cerâmica de Mestre Zuza.

Escultura Nossa Senhora da Imaculada Conc...

  • único

R$ 574,90

REF.: 752085337

Escultura Nossa Senhora da Imaculada Conceição em cerâmica de Mestre Zuza.

REF.: 752085337

Vendido e Entregue por: ARMAZEM CORES DO BRASIL

O que é uma loja parceira?

A Camicado busca de maneira incessante trazer a melhor experiência para nossos cliente, por isso compartilhamos a nossa plataforma para Lojistas Parceiros afim de entregar para você a melhor solução de Moda Casa!

Aproveite para conhecer outros produtos desse parceiro, basta clicar no nome da sua loja, que fica na página de produto em cima do preço, e pronto!

Será direcionado a uma página com todos os produtos vendidos e entregue por ele.

R$ 574,90

9x de R$ 63,88 s/ juros no cartão de Crédito

x de R$ 0,00 s/ juros no cartão Renner e Meu Cartão

Cor:

Tamanho:

  • único
Quantidade
Digite o CEP
Prazo de entrega
  • Detalhes do produto
  • Destaque do produto
  • Troca e devolução

Descrição

Escultura Nossa Senhora da Imaculada Conceição em cerâmica de Mestre Zuza

Escultura Nossa Senhora da Imaculada Conceição em cerâmica é uma peça única, feita de forma artesanal pelo Mestre Zuza, cujo trabalho se destaca pela criatividade e força expressiva. Nossa Senhora da Imaculada Conceição, em seu traje longo, traz a cabeça coberta por um véu e emoldurada por uma aureola, mostrando como ela é iluminada e capaz de iluminar aqueles que a rodeiam, e anjos aos pés. Os santos e santas de Mestre Zuza, associam-se, nos traços fisionômicos e nas vestimentas, ao índio, negro e à cultura pernambucana, sem vinculação com a estética europeia. O artista usa recursos simples, como palitos e canetas, para transportar para as peças muito da realidade filtrada pelo menino que cresceu impactado pela força da arte popular e pela pobreza. 

A verdade é que se foi o tempo em que peças sacras eram apenas associadas a religião ou crença específica. Alguns arquitetos, hoje, fazem questão de usar esses elementos em seus projetos. Há quem colecione apenas por admirar a estética de uma época ou estilo artístico ou por interesse cultural mesmo, sem nenhuma conexão com a religião que pratica no dia a dia. Isso, claro, não exclui o fato de muitas pessoas terem imagens em suas casas por devoção religiosa – seja ela qual for. A verdade é que essa diversidade é muito benvinda quando voltamos ao conceito básico de arte como forma de expressão. Qual seria a graça se todos se expressassem da mesma forma? Hoje, é possível criar tanto um cantinho específico para uma peça de arte sacra, uma espécie de mini santuário, como incorporá-la aos ambientes da casa, mesclando com uma decoração retrô ou mais contemporânea. Estatuetas ou quadros podem ser combinados com outros itens do espaço, não necessariamente religiosos.

Origem: Tracunhaém, em Pernambuco (PE)

Material: Barro.

Observações:  Produtos manuais podem apresentar alterações de dimensões e variações de cores, o que não caracteriza falhas na peça.

Artista: Há mais de um século o barro está presente na história da família de José Edvaldo Batista, o mestre Zuza de Tracunhaém. Seus avós, José e Joana Batista, fizeram nome na cerâmica utilitária nos anos de 1920, assim como o pai, João Batista, a irmã, Estelita, e a tia, Severina Batista, uma das mais expressivas artistas populares daquele município da Zona da Mata Norte pernambucana. Nascido no dia 18 de setembro de 1958, Zuza fincou raízes no solo massapê e deu a ele novos significados. Começou aos dez anos de idade como ajudante na olaria de José Tibúrcio e por quase dez anos trabalhou com o ceramista Tiago Amorim, mas não demorou para descobrir seu estilo próprio. Desenvolveu uma linha de esculturas xipófagas e se descobriu santeiro preservando a essência da arte primitiva dos antigos mestres do barro, em um trabalho autoral que propõe uma releitura do barroco, assegurando contemporaneidade e aproximando o estilo à realidade nordestina.

Medidas:A-55cm L-22cm P-19cm         Peso: 4.790 gramas

Informações técnicas

Marca Mestre Zuza

Dimensões do produto

Altura: 65 CM
Largura: 40 CM
Profundidade: 40 CM
Peso: 0 kg

Troca e devoluções

Caso não fique satisfeito com o produto, você tem 7 corridos após o recebimento para troca.

Clique aqui para mais informações
Detalhes do produto

Descrição

Escultura Nossa Senhora da Imaculada Conceição em cerâmica de Mestre Zuza

Escultura Nossa Senhora da Imaculada Conceição em cerâmica é uma peça única, feita de forma artesanal pelo Mestre Zuza, cujo trabalho se destaca pela criatividade e força expressiva. Nossa Senhora da Imaculada Conceição, em seu traje longo, traz a cabeça coberta por um véu e emoldurada por uma aureola, mostrando como ela é iluminada e capaz de iluminar aqueles que a rodeiam, e anjos aos pés. Os santos e santas de Mestre Zuza, associam-se, nos traços fisionômicos e nas vestimentas, ao índio, negro e à cultura pernambucana, sem vinculação com a estética europeia. O artista usa recursos simples, como palitos e canetas, para transportar para as peças muito da realidade filtrada pelo menino que cresceu impactado pela força da arte popular e pela pobreza. 

A verdade é que se foi o tempo em que peças sacras eram apenas associadas a religião ou crença específica. Alguns arquitetos, hoje, fazem questão de usar esses elementos em seus projetos. Há quem colecione apenas por admirar a estética de uma época ou estilo artístico ou por interesse cultural mesmo, sem nenhuma conexão com a religião que pratica no dia a dia. Isso, claro, não exclui o fato de muitas pessoas terem imagens em suas casas por devoção religiosa – seja ela qual for. A verdade é que essa diversidade é muito benvinda quando voltamos ao conceito básico de arte como forma de expressão. Qual seria a graça se todos se expressassem da mesma forma? Hoje, é possível criar tanto um cantinho específico para uma peça de arte sacra, uma espécie de mini santuário, como incorporá-la aos ambientes da casa, mesclando com uma decoração retrô ou mais contemporânea. Estatuetas ou quadros podem ser combinados com outros itens do espaço, não necessariamente religiosos.

Origem: Tracunhaém, em Pernambuco (PE)

Material: Barro.

Observações:  Produtos manuais podem apresentar alterações de dimensões e variações de cores, o que não caracteriza falhas na peça.

Artista: Há mais de um século o barro está presente na história da família de José Edvaldo Batista, o mestre Zuza de Tracunhaém. Seus avós, José e Joana Batista, fizeram nome na cerâmica utilitária nos anos de 1920, assim como o pai, João Batista, a irmã, Estelita, e a tia, Severina Batista, uma das mais expressivas artistas populares daquele município da Zona da Mata Norte pernambucana. Nascido no dia 18 de setembro de 1958, Zuza fincou raízes no solo massapê e deu a ele novos significados. Começou aos dez anos de idade como ajudante na olaria de José Tibúrcio e por quase dez anos trabalhou com o ceramista Tiago Amorim, mas não demorou para descobrir seu estilo próprio. Desenvolveu uma linha de esculturas xipófagas e se descobriu santeiro preservando a essência da arte primitiva dos antigos mestres do barro, em um trabalho autoral que propõe uma releitura do barroco, assegurando contemporaneidade e aproximando o estilo à realidade nordestina.

Medidas:A-55cm L-22cm P-19cm         Peso: 4.790 gramas

Informações técnicas

Marca Mestre Zuza

Dimensões do produto

Altura: 65 CM
Largura: 40 CM
Profundidade: 40 CM
Peso: 0 kg
Troca e devolução

Troca e devoluções

Caso não fique satisfeito com o produto, você tem 7 corridos após o recebimento para troca.

Clique aqui para mais informações